Seu filho não quer estudar? Siga umas dicas para ajudá-lo

1 ago
Fonte: Site Discovery Kids Brasil

Fonte: Site Discovery Kids Brasil

Matéria super interessante que achei no site Discovery Kids Brasil…. Vale a pena ler, até mesmo você, mamãe, que não tem seu filho em idade escolar, ainda…

Boa leitura!

COMO AJUDAR SEUS FILHOS A ADMINISTRAR SEU TEMPO LIVRE E NÃO ABANDONAR AS TAREFAS ESCOLARES?

“Não deixe para amanhã o que você pode fazer ou estudar hoje”.

Como ajudar seus filhos quando eles não vão bem na escola?

Certamente os pais se fazem essa pergunta quando observam que as crianças não fazem suas tarefas escolares cotidianas e passam os dias prometendo que vão estudar, mas não o fazem. Eis algumas desculpas:

- Amanhã eu faço
- Vou brincar um pouco e já começo, não tenho muita lição
- Esqueci a pasta na escola e não trouxe a lição
- Emprestei a pasta a um amigo e ele não me devolveu
- Tenho tempo de sobra
- A prova é na sexta, já revisei a matéria (quando na verdade, essa “revisão” consistiu em dois minutos lendo uma folha, enquanto ouve música no computador ou vê TV). 

No entanto, o primeiro boletim ou advertência da escola acaba pegando os pais de surpresa: a criança não se saiu tão bem, deixou tarefas incompletas ou não alcançou a média mínima.

Isso claramente afeta os pais, que passam a se fazer as seguintes perguntas:

- E agora, o que fazemos com esse menino?
- Devemos contratar uma professora particular?
- Tiramos a televisão e o computador?
- Devemos impedi-lo de sair até que suas notas melhorem?
- Devemos deixar que faça o que quiser?

Quando as notícias que chegam da escola não são boas, os pais começam inevitavelmente a fazer algumas ameaças: “Você não vai mais fazer aula de futebol ou dança”, “você não vai ao aniversário da sua amiga”, “você vai ficar uma semana sem sair”, etc.

E essas reações são produto da impotência dos pais, que geralmente não sabem o que fazer para que seus filhos mudem de atitude.

A ideia de contratar uma professora particular nem sempre é a mais acertada, já que pode impedir a criança de mostrar suas habilidades e de se esforçar por seus próprios meios, além de levá-la a depender de ajuda sempre que sentir necessidade. Definitivamente, é uma opção que precisa ser avaliada com cautela. 

Conhecer a realidade escolar faz com que os pais se perguntem se é conveniente ajudar seu filho a desenvolver certos hábitos de estudo ainda não adquiridos, ou pelo contrário, se precisam ajudá-lo a revisar, reforçar ou aprender alguns conteúdos nos quais tem dificuldade.

Na maioria das vezes, com a correria diária, os pais não verificam se a criança está realizando as tarefas e trabalhos escolares a contento. Monitorar a vida escolar dos filhos de perto é fundamental para que não se crie um problema de difícil solução.

Seguem algumas medidas preventivas eficazes:

Reflexões para os pais

O que fazer? Reserve algum tempo para refletir sobre as questões abaixo, sem agir impulsivamente.

- Meu filho é capaz de cuidar disso sozinho?
- Ele está me pedindo ajuda? Posso ajudá-lo?
- Faço as tarefas junto com ele?
- Eu permito que continue tendo problemas na escola, sem castigá-lo por isso?
- Eu tolero o fracasso escolar de meu filho? 
- Como lido com a frustração e a responsabilidade de ajudá-lo?

Diálogo com os filhos

Se você for honesto e aberto, possibilitará a troca de informações e sentimentos. Dialogando com seus filhos, você conseguirá transformar um possível interrogatório em um momento de encontro.

Seguem vários exemplos de como começar uma conversa:
- Como vai a escola?
- Você está em dia com suas tarefas? Avise se precisar e ajuda e veremos o que se pode fazer. 
- Posso ver seus cadernos?
- Você tem alguma prova? 
- Se você tem alguma dúvida ou não entendeu alguma coisa na aula, pergunte ao professor. Não tenha vergonha.
- Não se preocupe se não foi bem nos estudos. Vamos ajudar você a administrar seu tempo.

Este é um momento de instalar ou recuperar rotinas abandonadas ou enfraquecidas, que favorecem um clima propício para o estudo, restabelecendo prioridades e expectativas familiares. 

Quando as crianças precisam e aulas particulares?

As crianças precisam de aulas particulares quando suas notas em geral não correspondem às expectativas de seus pais, ou quando demonstram dificuldades com uma matéria em particular? 

O medo do fracasso escolar ou o baixo rendimento dos filhos é uma preocupação dos pais que pode desestabilizar as possibilidades reais de cada criança.

Em geral, os pais impõem às crianças uma professora particular pensando que não conseguem aprender tudo o que precisam na escola. Em alguns casos, a ajuda adicional de uma professora costuma substituir o acompanhamento dos pais por falta de tempo.

Uma professora particular costuma solucionar o problema momentaneamente, mas não modifica o relacionamento da criança com sua própria aprendizagem.

Para que exista uma necessidade, é preciso haver um desejo prévio, uma demanda por alguma coisa. Do contrário, torna-se uma imposição.

Se finalmente os pais chegarem à conclusão de que a criança precisa de ajuda, o melhor é compartilhar a ideia com a criança e sua professora. 

Algumas ideias:

- Converse com a professora sobre sua opinião sobre aulas de reforço.
- Converse com seu cônjuge e, posteriormente, com a criança, explicando as razões da decisão e escutando sua opinião para que ela se sinta à vontade para argumentar contra ou a favor do reforço.
- É preciso se esforçar para que a criança veja essa oportunidade como uma vantagem. Acima de tudo, é preciso evitar que ela se sinta inferior ou incapacitada.

Como buscar a pessoa adequada?

- Os colegas de seu filho podem ter uma professora particular para indicar. Pergunte na porta da escola ou envie um e-mail a outros pais para que recomendem alguém.
- É aconselhável que a professora trabalhe ou more perto de sua casa. 
- Trace um plano de ação com um número determinado de aulas e avalier se ele precisará de mais ou não.
- As aulas particulares não devem fazer parte da rotina diária ao longo todo o ano letivo ou durante as férias, mas apenas quando necessário.
- A pessoa contratada deve respeitar o método de ensino da escola para não confundir a criança.
- Não esqueça que além de estudar, as crianças também precisam brincar, movimentar-se, realizar atividades físicas e ver seus amigos.
- É muito importante dimensionar o tempo destinado às aulas de reforço para que reste tempo livre para o lazer.

Outras considerações

Talvez a criança precise de companhia para fazer suas tarefas. O acompanhamento do pai ou da mãe pode ajudá-la a se concentrar.

Algumas escolas oferecem aulas de reforço. Essa opção costuma ser mais conveniente que contratar uma professora para dar aulas em casa.

Converse com o professor de reforço sobre a necessidade de adotar um método específico de estudo.

Dicas para não precisar de aulas de reforço

- Mantenha uma rotina diária quando a criança chegar em casa da escola. Ela deve reservar algum tempo para as tarefas pendentes, e também para descansar, jogar no computador ou ver televisão.

- O adulto que acompanha a criança deve colaborar com a organização da tarefa, mas nunca deve fazê-la por ele. 

- Observar se dentro da família está acontecendo algum evento ou mudança que pode estar desestabilizando a criança e a impeça de se concentrar nos estudos.

Seguindo todas essas dicas, a criança melhorará seu rendimento e desempenho escolar ao longo do tempo.

Lic. Alejandra Libenson
Psicóloga e Psicopedagoga
Especialista em Educação, Criança e Infância
Autora do livro “Criando hijos, creando personas”
Alejandralibenson@hotmail.com

Fonte: http://discoverykidsbrasil.uol.com.br/pais/artigos/meus-filhos-suas-tarefas-e-eu/

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.000 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: